Vive o Teu Talento
Morangos com Açúcar 7
16
Mai 10

Como é fazer parte do elenco de ‘Morangos com Açúcar

Sandra Celas
’, uma série juvenil que é referência?
Já quase todos os actores por lá passaram. Esta sétima temporada é diferente dado tratar-se de uma escola de artes. Está a ser uma experiência engraçada e com uma dinâmica de trabalho diferente.

- Vai continuar na série de Verão?
Está previsto eu incluir o elenco da temporada de Verão.

- Como é ser artista e estar numa série que fala deles?
Tenho esperança de que esta produção seja elucidativa para o público juvenil e lhes demonstre que esta profissão exige dedicação e estudo. Não basta ter talento, é preciso trabalho.

- A sua personagem em ‘Morangos’, a professora Célia, é muita austera?
É, e ela tem a preocupação de explicar aos alunos que é necessário trabalho e estudo para vingar nesta profissão, que é feita com 10% de talento e com 90% de trabalho.

- É actriz e dá aulas de representação na ficção. Como vive esta dualidade?
Há aqui uma redundância. Mas ao representar uma professora de teatro relembrei um pouco a minha formação.

- E para compor a professora Célia recordou alguns dos seus professores?
É verdade. Fiz um flashback e uma colagem de características de vários professores. Mas a Célia Trovão não é dos papéis mais difíceis que fiz, nem dos mais desafiantes.

- Acha que daria uma boa professora?
Não sei se tenho aptidão para pedagoga. É uma enorme responsabilidade e dá imenso trabalho. Na ficção a experiência é mais leve.

- A Associação Portuguesa de Telespectadores nunca viu com bons olhos os ‘Morangos’...
Nem sabia que existia essa associação... Acho óptimo haver massa crítica, mas a televisão tem um comando que nos permite desligar quando não gostamos de alguma coisa.  

- Tem boas recordações da série ‘Inspector Max’, onde era a jornalista Júlia?
Foi um sucesso e é uma grande referência pelo feedback que ainda hoje tenho. Curiosamente, o elenco mais novo dos ‘Morangos’ fala-me do ‘Inspector Max’, que viu quando tinha 15 anos. É bom participar em projectos com audiências.

- Na rua reconhecem-na por qual das personagens?
Tanto é como Júlia como pela ‘Senhora professora’.

- Por que escolheu a representação como profissão?
Pela possibilidade de poder experimentar várias profissões, dramas, emoções...

- Que outros projectos tem?
Estou a preparar um trabalho de teatro. É para o Verão e estará inserido no Festival da Escola de Mulheres. Trata-se de um monólogo, mas sou supersticiosa nestas coisas, não gosto de falar antes de saber bem o que vou fazer.

- Disse que queria fazer um “trabalho mais profundo”. Que lhe apetecia fazer depois dos ‘Morangos’?
Um trabalho com mais amplitude emocional. Talvez uma série de acção ou de época.

- Depois de três curtas-metragens, que perspectivas tem na área do cinema?
Gostava muito de fazer uma longa-metragem. Faz-se pouco cinema em Portugal. Mesmo assim, creio que o cinema nacional está a ganhar uma dinâmica um bocadinho diferente. Mas é bom ir fazendo televisão, teatro e cinema para ter tarimba e não ganhar vícios.

- Dado que tem feito mais televisão, o que acha que mudou na produção nacional?
Vi, na RTP Memória, uma novela exibida há uns 11 anos, e não há comparação com o que se faz neste momento, em qualquer uma das estações.

- Tem uma bebé de um ano e sete meses. O que mudou desde que foi mãe?
Fui obrigada a deixar de olhar apenas para o meu umbigo. Ser pai ou mãe torna-nos melhores pessoas. O meu sentido de humanização ampliou para o colectivo.

- Os actores já se pacificaram com a TV?
Sempre me chocou não o fazerem. Porque a TV tem um poder imenso, chega onde não chega o teatro e o cinema e toca públicos de todas as classes sociais. Ora, isto acarreta uma enorme responsabilidade e obriga-me a empenhar-me muito no que faço. Estreei-me profissionalmente na televisão, onde muita gente fez a sua formação. E, hoje, quando as pessoas vão ao teatro vão ver os seus artistas da TV.

AULAS DE CANTO: “CANTO DESDE MIÚDA”

Além da representação, Sandra Celas é também uma apaixonada pelo canto e até já frequentou aulas de voz. “É verdade, andei um ano a ter aulas. Canto desde miúda. E, logo que tenha oportunidade, vou inscrever-me e voltar a fazer formação na área do canto”, revela à ‘Correio TV’. “Cantar é, para mim, uma coisa  natural, é quase um acto orgânico, uma necessidade de alma”, afirma a actriz que diz apreciar muitos géneros de música: “Adoro jazz, rock, música popular portuguesa, rock... Só não canto é fado”. Apesar do jeito para o canto, a ficção pouco tem aproveitado este seu talento. “É verdade, nunca ninguém me põe e cantar. Esta minha faceta não tem sido aproveitada na televisão, dado que já o fiz no teatro. Cantei uma única vez agora, na série  ‘Morangos com Açúcar’, na TVI. Mas espero poder usar mais vezes este meu gosto e aptidão no trabalho futuro”, afirma Sandra Celas.  

PERFIL: EX-JORNALISTA

Sandra Celas tem 35 anos e representa desde os 20. Estreou-se no Teatro de Carnide, em 1997, e formou-se na Escola Superior de Teatro e Cinema. Fez jornalismo entre 1998 e 2001, na CNL e na SIC Notícias. Como actriz tem-se repartido pelo teatro, televisão e cinema. Entre os muitos trabalhos que fez na TV destacam-se as séries ‘A Ferreirinha’ e ‘Amália’ (RTP), a novela ‘Resistirei’ (SIC) e ‘Inspector Max’ (TVI). É casada com o autor de banda desenhada, caricaturista, cenógrafo e designer gráfico António Jorge Gonçalves.

Fonte Correio da Manhã

publicado por me às 22:38
02
Mai 10

Alex e Lúcia

 

Linda conversa com Alex e diz já saber toda a verdade sobre o passado dele e a falsa identidade que ele deu. Linda avisa Alex que a condição que os professores têm para ele não ser expulso é Alex ser seguido por um psicólogo. Alex recusa-se e Linda aconselha-o a pensar melhor e depois dar uma resposta. Alex sai furioso da sala e vai a correr ter com Lúcia. Alex acusa Lúcia do que lhe está a acontecer. Lúcia nunca devia se ter metido na sua vida. Alex diz a Lúcia que nunca mais a quer ver à frente. Alex vai embora e Lúcia chora desesperada.

publicado por me às 09:45
17
Abr 10

Entrevista da Moranguita Vera, que aos 23 anos, a actriz é o orgulho da família. Determinada, alcançou a profissão dos seus sonhos - e já comprou uma casa. No amor, vive momentos felizes ao lado de Kiko Campos Costa, um dos primeiros portugueses que irão visitar o Espaço.

 

Vanessa Martins a Moranguita Vera

- Quem é a Vanessa?
Vanessa Martins - É uma menina, ou melhor, uma senhora que é sonhadora, determinada, ambiciosa e amiga do amigo. Quem não me conhece não gosta de mim, porque acha que tenho uma atitude altiva e arrogante. Para os meus amigos sou simpática mas para as outras pessoas, como não as conheço, sou distante e reservada. Não me dou a conhecer logo à primeira. Por isso, quando me conhecem melhor ficam surpreendidas.

 

- Quais são, aliás, as suas principais virtudes?
Vanessa Martins - Adoro os meus amigos, faço tudo por eles, sou muito boazinha, não consigo deixar ninguém à espera, não prejudico ninguém, sou preocupada com o próximo. Além disso, não consigo deixar mal os meus pais. Se tenho uma chamada não atendida deles fico logo preocupada e volto a ligar.

 

- É uma menina dos papás?
Vanessa Martins - Sim, os meus pais não têm nada a apontar-me. A minha mãe diz que sou bastante responsável e que confia em mim a 100 por cento, porque sempre fui uma filha exemplar. Nunca saí fora do que era correcto. Por exemplo, só comecei a sair à noite aos 18 anos mas porque vivia longe e nunca porque os meus pais me proibissem. Aos 21 comecei a viver sozinha e aos 23 já tenho casa comprada. Sei o que vou fazer daqui a dez anos. Não penso ‘amanhã logo se vê'. Traço planos, sou determinada e responsável.

 

- E os seus defeitos, quais são?
Vanessa Martins - Sou muito teimosa e, às vezes, um pouco bruta. Também sou muito descarada - mas tento controlar isso porque as pessoas que não conheço podem julgar que sou ‘abusada' ou que tenho a mania.

 

- É sonhadora?
Vanessa Martins -Tenho os mesmos sonhos há muito tempo. Não me lembro de me surgir um sonho de repente.

 

- E quais são esses sonhos?
Vanessa Martins - Tinha o sonho de ter uma casa minha, saber que é o meu território. Vivia no Seixal com os meus pais - mas gostava muito de viver em Lisboa.

 

- Sente-se privilegiada por ter comprado uma casa aos 23 anos?
Vanessa Martins - Quando os meus amigos da minha idade me dizem isso, eu respondo-lhes que é uma questão de organização. Comecei a juntar dinheiro aos 18 anos. Conforme ia ganhando, ia guardando. Nunca tive a loucura de ganhar muito dinheiro e gastar muito. Tudo o que ganhava, juntava metade e gastava outra metade, independentemente da quantia. Também fui uma privilegiada, por ter começado a trabalhar cedo.

 

- Mora sozinha?
Vanessa Martins - É um T1 só para mim.

 

- Não se incomoda de não ter companhia?
Vanessa Martins - Não, porque estou o dia todo com os meus amigos. A minha casa é o meu espaço. Vejo o que quiser na televisão, se tiver louça suja fui eu que sujei, se tiver a cama por fazer também fui eu. Não vivo dependente de ninguém. Não me sinto sozinha, se me sentir chamo alguém.

 

- Tem saudades da comida da sua mãe?
Vanessa Martins - A minha mãe é fantástica, porque mesmo eu vivendo longe ela faz-me a comida e leva-ma ao fim-de-semana. Devido ao trabalho, nem sempre tenho tempo. Também me lava as peças de roupa mais delicadas. Mas é porque ela quer. Eu não abuso dela. Ela sente necessidade de sentir-se próxima de mim, é muito mãe-galinha... e eu sou a menina dos olhos dela. Temos uma relação muito próxima. Até compartilhamos as roupas e a maquilhagem.

 

- Falemos de amores: é uma mulher de grandes paixões?
Vanessa Martins - Sempre que tenho uma paixão tem que ser grande, caso contrário não vale a pena insistir nela.

 

- As suas relações, aliás, são sempre duradouras?
Vanessa Martins - Sou ‘amiga' do três. Namoro três anos e acabo. Não sei o que se passa. Todos os namoros que tive foram longos, ao ponto de os meus pais conhecerem os meus namorados. Não invisto em coisas que são a brincar. Por menos tempo que dure, gosto sempre de pensar que é sério. Mas confesso que, aos 23 anos, também me assusta pensar que é para o resto da vida.

 

- A Vanessa foi apanhada aos beijos com Kiko Campos Costa. São, de facto, namorados?
Vanessa Martins - Isso é uma coisa entre nós. Não gosto de dar nomes às coisas.

 

- Estão a gostar de conhecer-se?
Vanessa Martins - Claro que sim... Mas para já não quero falar sobre isso.

 

- Namorou durante três anos com Ângelo Rodrigues. O que correu mal na vossa relação?
Vanessa Martins - Não vou responder a isso...

 

- Ficaram coisas boas?
Vanessa Martins - Sim, a amizade. Sempre fomos muito bons amigos e muito bons colegas. Ajudávamo-nos imenso, porque tínhamos a mesma profissão. E tivemos sempre a sorte, o azar ou a coincidência de fazer os mesmos trabalhos e ajudávamo-nos muito. Tiro o chapéu ao Ângelo, porque ele é mesmo um excelente colega.

 

- Foi, por outro lado, difícil a separação?
Vanessa Martins - O fim é sempre difícil em qualquer relação. Depois dela, há o recomeço.

 

- Continuam amigos?
Vanessa Martins - Sim, claro.

 

- O que é que um homem precisa de fazer para a conquistar?
Vanessa Martins - Gosto de que me faça surpresas, para criar ‘aquela' paixãozinha no ar. E tem que compreender a minha profissão, ser dinâmico e gostar de sair.

 

- Prefere seduzir ou ser seduzida?
Vanessa Martins - As duas. Seria muito egoísta se dissesse que gosto de ser seduzida e ficasse sentada à espera que isso acontecesse. Quando as coisas acontecem têm de ser mútuas. A partir do momento em que a outra pessoa nos seduz, até de forma inconsciente, é porque também houve sedução da nossa parte.

 

- Gostava de casar-se?
Vanessa Martins - Gostava de ter uma pessoa para o resto da minha vida e que os meus filhos vivessem sempre com os pais juntos. Mas ir à igreja, para desgosto dos meus pais, julgo que não vai acontecer. Eles queriam muito. O meu pai, então, adorava levar-me à igreja de braço dado com ele. Quando era pequenina tinha esse sonho. Passava por uma montra de noivas e ficava a olhar.

 

- O que mudou então?
Vanessa Martins - Estou mais realista em relação à vida que as pessoas têm, à sua disponibilidade e à facilidade com que se separam hoje em dia. E penso se será que vale a pena gastar tanto dinheiro e fazer uma cerimónia. Penso que não é preciso isso para comprovar nada. Mas não critico quem goste de casar-se. Eu sou apenas capaz de reunir um grupo de amigos e a família.

 

- Sempre teve uma boa relação com os seus pais?
Vanessa Martins - Sim, sempre fui mais próxima da minha mãe. O meu pai é o ‘chefe' de família, não falava com ele de alguns problemas, já com a minha mãe falava de tudo. Mas gosto imenso do meu pai, como é óbvio.

 

- Tem muitos cuidados com o corpo?
Vanessa Martins - Julgo que tenho, mas depois olho para outras pessoas e vejo que não tenho muitos. Mas também tenho sorte, fui abençoada porque posso comer de tudo e nada me atinge. Praticamente, não tenho celulite. Faço massagens e muito ginásio. Em termos de alimentação é que não me privo de nada. Em termos de pele, apanho imenso sol, porque gosto de ter a pele bronzeada. Mas isso também é mau. Sempre fui muito vaidosa, sempre gostei de cuidar muito de mim, porque via a minha mãe a pôr cremes e maquilhar-se e eu fazia igual.

 

- Fez um aumento mamário. Agora está completamente satisfeita com o seu corpo?
Vanessa Martins - Nunca se está 100 por cento satisfeita. Há sempre qualquer coisinha mal. Mas sinto-me confortável. Fiz aquilo que faltava para me sentir bem. Desde sempre me lembro de perguntar à minha mãe por que é que saía ao pai. A minha mãe dizia-me que quando eu tivesse filhos iria ficar com o peito maior. Mas eu não quis esperar por ter filhos. Sinto-me perfeita.

 

- Esses cuidados que tem com o visual estão relacionados com a profissão?
Vanessa Martins - Todas as pessoas devem ter cuidados independentemente da profissão. Às vezes vejo mulheres bastante bonitas que não se cuidam. Sou licenciada em Design e se exercesse essa profissão também iria arranjada para o emprego.

 

- Cresceu depressa na televisão. Tem a ver com a sua persistência?
Vanessa Martins - Tenho um lugar de destaque mas não tenho um lugar fixo na televisão. Pretendo ser melhor. Nunca me sinto satisfeita com aquilo que tenho. Quanto mais tenho, mais quero, mais exijo de mim e dos outros.

 

- Os ‘Morangos com Açúcar' foram uma boa escola para si?
Vanessa Martins - Foram, sem dúvida. Mas eu já tinha feito televisão antes. Comecei aos 13 anos, na RTP.

 

- É muito abordada na rua?
Vanessa Martins - Dependo dos sítios onde estou. Se vou para o Norte sim. Lá as pessoas vivem mais intensamente as coisas e são mais abertas. Mas se eu for sair à noite para o Bairro Alto é a loucura.  Apesar de já ter feito ‘Morangos' há três anos, ainda me chamam de moranguita.

 

- Tirou um curso de Design. Chegou a exercer?
Vanessa Martins - Não, porque mal terminei a licenciatura comecei logo nos ‘Morangos'. Mas é uma coisa que faço com todo o gosto. Há várias coisas que me preenchem e o design é uma delas, mas não me posso estar a comprometer em ir trabalhar num atelier das 9h às 18h porque se fizer isso não posso fazer outra coisa. Neste momento sou actriz e é nesse campo que estou empenhada em vingar.

 

- A licenciatura dá-lhe segurança?
Vanessa Martins - Tirei a licenciatura porque os meus pais me guiaram nesse sentido, mas se um dia a representação não der em nada, vou bater à porta de um atelier.

 

- Quais são os teus projectos profissionais?
Vanessa Martins - Gostava muito de fazer cinema, é outra magia. Mas também gosto da adrenalina de fazer televisão. Agora vou experimentar teatro pela primeira vez à séria.

 

- Qual é a peça?
Vanessa Martins - É uma peça que fui eu que idealizei tudo. Falei com amigos, o David Mesquita e o Tiago Barroso, e vamos começar a ler o guião, a ensaiar, a encontrar sala. É uma coisa de amigos, mas pode ser que dê certo.

 

- Sente-se privilegiada por fazer aquilo que gosta?
Vanessa Martins - Sou como os jogadores de futebol, pagam-me para fazer aquilo que gosto.

 

- Gosta da fama que entretanto conquistou?
Vanessa Martins - A pessoa que trabalha em televisão e que não quer ser famosa está a contradizer-se. Claro que há situações chatas e embaraçosas - mas há que saber interpretar as coisas. Ouvimos certas coisas de que não gostamos mas faz parte. A partir do momento em que entramos na casa das pessoas pela televisão elas ganham o direito de nos criticar.

 

INTIMIDADES
Quem gostaria de convidar para um jantar a dois?
Vanessa Martins - A minha mãe. Levava-a ao meu restaurante favorito, para ela conhecer também.

 

- Não consigo resistir a...
Vanessa Martins - ... dormir. Adoro mesmo dormir até mais tarde.

 

- Se pudesse, o que mudava em si no corpo e no feitio?
Vanessa Martins - No corpo, mudava o meu umbigo. No feitio, deixava de ser tão responsável porque, por vezes, também é mau.

- Sinto-me melhor quando...


Vanessa Martins - ... acabo de almoçar. Sinto-me mesmo bem, de facto, na meia hora seguinte.

 

- O que não suporta, entretanto, no sexo oposto?
Vanessa Martins - A desarrumação. É insuportável nos homens.

 

- Qual é, efectivamente, o seu pequeno crime diário?
Vanessa Martins - Não faço divisão do lixo. Eu sei que não é desculpa mas no sítio onde moro não há ecopontos. Na casa dos meus pais fazia.

 

- O que seria mesmo capaz de fazer por amor?
Vanessa Martins - Fazia tudo o que fosse preciso.

 

- Complete: ‘A minha vida é...
Vanessa Martins - ... fantástica.'

publicado por me às 19:17
19
Mar 10

Escola de Talento
Escola de Talento
Escola de Talento
Escola de Talento

 

 

Ouve aqui as músicas da Escola de Talentos dos  Morangos com Açúcar 

 Escola de Talentos - Vive o Melhor dos Morangos com Açúcar Um CD que não vais conseguir parar de ouvir! O Lançamento é já no dia 22 de Março

 

Os actores dos Morangos juntaram-se, ensaiaram, foram a estúdio e gravaram um CD só para ti!

publicado por me às 13:42
música: Escola de Talentos
26
Fev 10

Ângelo Rodrigues

Ângelo Rodrigues, de 22 anos, o Luís Ferreira nos Morangos com Açúcar que faz agora parte do elenco da novela da TVI ‘Deixa que Te Leve’ em entrevista ao Correio da Manhã 'Vidas'.

- Qual o seu maior medo?
Ângelo Rodrigues: Medo de falhar.

- Alcunha de infância?
Ângelo Rodrigues: ‘Dumbo’, porque rapava o cabelo e tinha as orelhas saídas.

- Maior loucura por amor?
Ângelo Rodrigues: Só uma pessoa sabe...

- Pior mentira que já contou?
Ângelo Rodrigues: Dizer que era benfiquista.

- Como foi o primeiro beijo?
Ângelo Rodrigues: Foi tão marcante que já não me lembro a quem o dei...

- Local mais exótico onde já fez amor?
Ângelo Rodrigues: Numa praia, ao pôr-do-sol. Conta?

- Parte do corpo de que menos gosta?
Ângelo Rodrigues: As orelhas, mas sinceramente já nem lhes ligo.

- Já traiu? Foi traído?
Ângelo Rodrigues: Sim.
publicado por me às 13:20
sinto-me: mca5
música: Morangos com Açúcar
29
Jan 10

Videoclip oficial FF O Jogo Recomeça

 
clica na imagem para veres o vídeo
 
Videoclip oficial do FF "O Jogo Recomeça", uma das músicas da novela "Deixa que te Leve" e que faz parte do novo disco do FF. O videoclip "O Jogo Recomeça" tem a participação da Diana Nicolau. Realização e Montegem de Hugo Alexandre Gomes. Produção Motion Stripes.
publicado por me às 22:59
música: "O Jogo Recomeça"
24
Dez 09

 

 

Vídeo com as cenas dos Morangos com Açúcar 7 Férias de Natal de 23 de Dezembro de 2009, com a coreografia de Feeling dos D'ZRT realizada na rua Garret em Lisboa.

 

Feliz Natal para todos!

publicado por me às 14:39
música: Feeling
06
Dez 09

Segundo a revista Vidas do Jornal Correio da Manhã, os D’Zrt regressaram ontem à série ‘Morangos com Açúcar’ para gravar a festa de passagem de ano da escola de artes.

 

O ‘Professor Zé Milho’ (Vítor Fonseca) quis fazer uma surpresa aos alunos convidando os amigos para cantar.

 

Os D'ZRT que se formaram em 2005 nos Morangos com Açúcar, interpretaram o tema ‘Felling’ do último CD gravado pela banda lançado no passado dia 30.

 

O feedback tem sido óptimo. As pessoas estão a gostar deste trabalho”, revela Paulo Vintém.

 

O grupo fará uma digressão pelas várias lojas da Fnac, espalhadas pelo País. “No próximo ano vamos fazer uma tourné, inclusive pelas Ilhas, e já temos vários espectáculos agendados”, adianta Vítor Fonseca.  O regresso aos ‘Morangos com Açúcar’ foi para todos muito agradável até porque reencontraram velhas amizades.

 

Fonte: Vidas.pt

publicado por me às 19:03
sinto-me: Morangos com Açúcar
música: Feeling
29
Nov 09

Segundo a revista Telenovelas, o casalinho da série Morangos com Açúcar foi visto aos beijos numa discoteca, mas ele garante que são só amigos.

 

O Romance de Rui e Margarida de "Morangos com Açúcar" inspirou os actores que lhes dão vida. Lourenço Ortigão e Sara Matos foram vistos aos beijos e muito apaixonados numa discoteca em Lisboa no sábado, dia 21 de Novembro.

 

Lourenço Ortigão que acabou recentemente o namoro com Mia Rose desmente à revista Telenovelas a relação: "Não namoramos. Somos só amigos. Estou sozinho neste momento e é assim quero ficar".  

 

Já a revista Lux publica entrevista da Mia Rose que ficou triste com o fim do namoro com Lourenço Ortigão.

 

Terminado o namoro com Lourenço Ortigão, o jovem protagonista de «Morangos com Açúcar», Mia Rose, de 21 anos, está livre para encontrar de novo o amor. Mas ao contrário do que foi noticiado, a cantora, que esteve recentemente no Brasil por razões profissionais, nega qualquer envolvimento com o actor e amigo brasileiro Rafael Almeida, com quem foi fotografada num evento no Rio de Janeiro. Sobre o fim do namoro com Lourenço Ortigão, de 20 anos, Mia Rose não esconde que foi um amor especial mas que, agora, cada um deve seguir o seu caminho.

publicado por me às 01:09
sinto-me: beijos
música: muito apaixonados
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

últ. comentários
Eu sou o fã numero 1 em angola
Ola
Apesar de nao o ter conhecido pessoalmento, mais c...
queria apenas dizer q so voca fam numero um margar...
Ola gostei mt da partecipaxao do miguel santiago, ...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
Os morangos com açucar foram espetaculares ...
Adorava qe fizessem musical ca em s.miguel no coli...
pretendo trocar 3 bilhetes( 1 é de fan) do especta...
nao faz mas devia fazer o downloadeu queria as mus...
Onde sse pode fazer o download do disco dos morang...
estou totalmente de acordo
a inveja é lixada XD
Olá,Pois agora sim posso confirmar que o meu blog ...
ex unica miuda
Olá, quero pedir-te que assim que retirares o meu ...
gostava de saber se o zé milho vai transitar para ...
O Rui (Lourenço Ortigão) e Margarida (Sara Matos) ...
que linda isto tudo e para o rui olha posso te faz...
sois as melhores cantoras que eu ja vi no mundo eu...